O Dia Mundial das Redes Sociais assinala-se 30 de junho.

A data foi criada pelo site Mashable em 2010, como uma forma de reconhecer a revolução digital que fez dos media um ambiente social.

A cada dia que passa as redes sociais ganham mais importância. Estas aplicações tornaram-se fenómenos, como são exemplo o Facebook e o Twitter. O Snapchat, o Whatsapp, o LinkedIn e o Instagram são ainda, outros exemplos das redes sociais mais populares no mundo. Quer para cidadãos, quer para organizações.

A multidados.com não deixou passar este dia em claro e procurou saber junto dos portugueses que uso e conhecimento têm das redes sociais.

A plataforma social mais utilizada pela população é, como esperado, o Facebook, para 13,3% dos inquiridos é a sua plataforma de eleição. Seguindo-se o Facebook Messenger (10,2%), Whatsapp (9,5%), Youtube (9,2%) e Instagram (8,9%).

Mas a relativamente à interacção dos utilizadores nas redes sociais, tem-se verificado um decréscimo nas “redes públicas”. Ainda que, cerca de 58,3% assuma publicar nas suas plataformas eventos do seu dia-a-dia.

Como já referido anteriormente, verifica-se um decréscimo nas partilhas públicas e nessa ótica, relativamente à participação em grupos sociais fechados, três quartos (75%) da população inquirida afirma integrar pelo menos um grupo, independentemente da rede.

Numa perspectiva profissional, a população foi chamada a responder à questão: “utiliza as redes sociais como ferramenta profissional?” 43,1% dos inquiridos admite que sim, enquanto que 56,9% utilizam as redes sociais apenas como ferramenta de lazer.

 

Os usos das redes sociais

As atuais funcionalidades de cada rede social são imensas e a multidados.com quis saber se os portugueses realmente utilizam esta plataforma para além conhecida partilha de momentos de dia-a-dia. Na questão “Utiliza as redes sociais como ferramenta de pesquisa, em vez do Google?” menos de metade da população utiliza as redes sociais como uma ferramenta de pesquisa. Para 59,7% ainda é o Google, o maior motor de pesquisa do mundo, a conquistar a preferência dos portugueses.

E ainda relativamente à possibilidade de adquirir produtos pelas redes sociais 67,4% da população refere que nunca adquiriu produtos, através das redes sociais.

Por contraste, no que diz respeito às avaliações de produtos ou serviços, a maioria dos inquiridos, cerca de 62,2%,  utiliza as redes sociais para obter avaliações de produtos ou serviços que pretende comprar.

As redes sociais são, hoje, uma das grandes atrações na sociedade. Jovens, adultos e idosos utilizam estes meios para partilhar informações pessoais e discutir ideias, de uma maneira rápida e eficiente.

A certeza é, no entanto, de que cada vez vivemos num mundo menor e interligado.

redes

#multidados #socialmedia #facebook #whatsapp #instagram #twitter #snapchat

0