SABIA QUE … DIA 16 DE SETEMBRO SE ASSINALA O DIA MUNDIAL DA PRESERVAÇÃO DA CAMADA DO AZONO?

Este dia é celebrado, desde 1987, onde foi assinado o Protocolo de Montreal, que promove a redução da emissão de gases nocivos à camada de ozono e com o objetivo de alertar consciências para a necessidade da proteção do planeta. Em alusão, a ONU declarou a data como Dia Mundial para a Preservação da Camada do Ozono.

Em 1985, foi descoberto um buraco na camada de ozono sobre a Antártida. Os químicos sintéticos CFC, usados em aerossóis, refrigerantes, solventes ou na produção de espuma rígida de empacotamento, foram os principais culpados pela destruição do ozono estratosférico. Esta camada é fundamental para os seres vivos porque absorve mais de 95% da radiação ultravioleta proveniente do Sol. A resposta a este problema foi Protocolo de Montreal.

Será que os portugueses conhecem os efeitos que a destruição da camada do ozono pode ter na sua saúde e no seu quotidiano? 85,6% dos portugueses acreditam que uma das consequências poderá ser a destruição de colheitas, 92,3% acreditam que também poderá afetar o desaparecimento de alguns seres vivos e espécies, 87,5% afirmam que os efeitos se poderão sentir na alteração das cadeias alimentares. E ainda 89,4% acredita ser a cegueira uma das consequências da destruição da camada do ozono, 56,7% acreditam também em cegueira e 75% acreditam no enfraquecimento do sistema imunitário.

Todas estas são realmente consequências da destruição do buraco da camada do ozono. Mas que medidas estão ao alcance de qualquer pessoa, para conseguir inverter a situação? Conhecem os portugueses as medidas que devem tomar?

Questionados pela multidados.com, a maioria dos inquiridos indicou como medidas indispensáveis para a conservação da camada do ozono: a reciclagem, 75,0%, a preferência por produtos que respeitem o ambiente, 74% e a redução do consumo de plásticos e embalagens, 73,1%. São ainda referidas como ações preventivas, a plantação de árvores (70,2%), a trocar de sprays por rol on ou stick (69,2%), a redução de viagens de carro (40,4%), a troca de lâmpadas convencionais por florescentes (35,6%) e o desligar dos aparelhos eletrónicos quando não utilizados (24,0%).

Aclamado como exemplo de cooperação internacional excecional para a proteção da camada de ozono, o Protocolo de Montreal tornou-se em 2010 o primeiro tratado internacional a alcançar a ratificação universal.

Os resultados dos esforços feitos por cada uma de nós e pelos estados são evidentes, no final de 2017, a NASA revelava que o buraco da camada de ozono sobre a Antárctida teria encolhido para o menor tamanho desde 1988.

ozono

#multidados #research #sabiasque #diamundial #preservacao #camadaozono #Ozono