Sabia que … a dia 29 de Setembro se celebra o Dia Mundial do Coração?

O Dia Mundial do Coração é assinalado hoje. E trata-se de uma iniciativa da Federação Mundial do Coração e que em Portugal é dinamizada pela Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC).

Um dia para lembrar que 60 por cento da população portuguesa não reconhece sintomas do enfarte, apesar de na faixa etária entre os 18 e os 79 anos, 55% apresentar pelo menos dois ou mais fatores de risco.

Principais Sinais de Alarme

Ataque cardíaco:

  • Desconforto no centro do peito: sensação estranha, que pode ser de desconforto, pressão, dor ou aperto – pode durar poucos minutos ou “ir e vir”
  • Desconforto na parte superior do corpo: por exemplo, nos braços, pescoço ou estômago
  • Falta de fôlego, náuseas, vómitos, suores frios

 

Acidente Vascular Cerebral (AVC):

  • Entorpecimento, formigueiro ou fraqueza na cara, braço ou perna (especialmente num dos lados do corpo)
  • Sensação de confusão: dificuldade em falar e compreender
  • Dificuldades de visão (em apenas um olho ou em ambos)
  • Dificuldade em andar, equilibrar-se ou coordenar os movimentos.
  • Dor de cabeça forte, sem causa aparente.

 

Prevenir

Há uma série de rotinas que ajudam fortemente a prevenir as doenças cardiovasculares.

Uma delas é fazer exercício regularmente. “A atividade física pode salvar a vida, literalmente”, sublinha a FPC. Os benefícios de exercitar o corpo durante 30 a 60 minutos, vários dias por semana, são muitos, como reduzir o risco de doenças cardiovasculares; ajudar a controlar e a prevenir fatores de risco como a pressão arterial alta, o colesterol elevado e a obesidade; ajudar a baixar os níveis de stress; aumentar a energia; melhorar o sono e a digestão; melhorar o bem-estar geral e estimula a procura de estilos de vida mais saudáveis.

Outro aspeto importante é fazer uma dieta equilibrada, algo que traz muitos benefícios: ajuda a controlar o seu peso; ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares e de acidentes vasculares cerebrais (AVC); melhora as hipóteses de sobrevivência após um ataque cardíaco; ajuda a reduzir a tensão arterial para níveis mais baixos; baixa os níveis de colesterol no sangue; melhora o controlo dos níveis de açúcar no sangue; ajuda a proteger contra a diabetes, tipo 2; ajuda a proteger contra alguns tipos de cancro.

E, se for fumador, por mais difícil que lhe pareça, deixe de fumar. O tabagismo é um dos principais fatores de risco das doenças cardiovasculares.

#multidados #research #sabiasque #diamundial #coracao #ipc

coração